O que é o dia da escola?

O Dia da Escola no Brasil é comemorado em 15 de março. Embora não seja considerado um feriado nacional, é celebrado anualmente nas instituições de ensino para ressaltar a sua importância.

A data existe justamente para comemorar o significado da escola, considerada o segundo lar dos alunos e da equipe que nela trabalha, além de seu importante papel na sociedade.

A Educação é obrigatória no Brasil, e o principal ambiente onde ela acontece é a escola. De acordo com o Ministério da Educação, crianças a partir dos 4 anos de idade até os 17 anos devem frequentar as instituições de ensino e completar a Educação Básica.

Historicamente, a Escola não era tão acessível assim, e a própria origem da palavra revela esse fato. A palavra “Skholé”, do grego, referia-se ao tempo livre que as pessoas dispunham, associado ao descanso e até ao lazer.

Na Grécia antiga, onde se tem notícia de que as primeiras escolas foram criadas, somente quem não trabalhava podia se dedicar aos estudos, como os filósofos, que eram aptos a realizar atividades físicas e mentais.

Nesse contexto, o intuito da escola era formar os homens das classes dirigentes para governarem futuramente, de acordo com o esperado pela sociedade, restringindo a educação a um pequeno grupo.

Na Idade Média, a educação passou a acontecer nas escolas e nos mosteiros, onde os religiosos eram os responsáveis por transmitir o conhecimento apenas à elite.

Com o desenvolvimento do comércio, surge a necessidade de aprender a ler, escrever e contar. Assim, a burguesia passou a estimular a existência de uma escola com ensinos práticos para a vida e para os interesses da classe emergente.

A Revolução Industrial também fez com que a escola alcançasse mais pessoas, pois a necessidade de mão de obra para operar as máquinas demandaria uma instrução básica mínima e serviria como forma de disciplinar os trabalhadores.

No Brasil, as primeiras escolas foram fundadas pelos jesuítas quando chegaram no país em 1549. O objetivo principal era catequizar os índios, mas os jesuítas também ensinavam as elites.

Somente no final do século XIX é que a educação pública foi instituída no Brasil, quando o processo de industrialização começou a expandir e precisar de profissionais qualificados.

A partir disso, a escola foi ganhando força na sociedade e tornou-se foco de discussões, dando origem a diversas teorias sobre a educação, até chegar a Paulo Freire, expoente da educação brasileira.

Para ele, a escola é um lugar de diálogo entre as pessoas a partir da interação com o meio, um espaço político para a organização popular, sendo possível transformar o mundo por meio da educação.

Sua visão revolucionou os conceitos de escola e educação, como podemos ver nesta citação de 1980:

“Não devemos chamar o povo à escola para receber instrução, postulados, receitas, ameaças, repreensões e punições, mas para participar coletivamente da construção de um saber, que vai além do saber de pura experiência, que leve em conta as suas necessidades e o torne instrumento de luta, possibilitando-lhe transformar-se em sujeito de sua própria história” (FREIRE, 2005, p.16).

Atualmente, existem diversas teorias pedagógicas e diretrizes legais para embasar a educação, que garantem o direito a uma formação integral dos estudantes, tornando a escola o pilar para o desenvolvimento humano, em todos os aspectos.

Qual a importância de se comemorar o Dia da Escola?

Comemorar a data, é de suma importância para relembrar qual a sua missão na sociedade e seu papel na vida de cada um de nós, além de conscientizar os alunos e toda comunidade escolar do seu valor.

Nos dias atuais, a escola tornou-se um lugar para todos, e a educação é um direito garantido pela lei, voltada à formação integral do indivíduo, muito diferente de seu conceito inicial.

A escola é o principal ambiente onde a educação acontece e é um dos pilares da sociedade, melhorando o desenvolvimento humano em vários sentidos e construindo um mundo melhor.

Sua contribuição vai muito além da transmissão de conhecimentos teóricos e da formação acadêmica, tendo em vista que ela forma cidadãos e colabora com a transformação do meio social para o bem comum.

Qual é o valor da escola para os alunos?

É na escola que se adquire os conhecimentos acerca do mundo, a partir das disciplinas principais, que são divididas em áreas do saber e essenciais para conhecer as características básicas da vida.

Ela constrói os repertórios intelectual e acadêmico no âmbito cognitivo, ensina a conviver em sociedade ao explorar o contexto social e molda as experiências emocionais.

Por se tratar de um ambiente social, onde as crianças vivenciam suas primeiras relações com seus semelhantes, a escola permite a formação das primeiras amizades. O valor da escola na construção de vínculos, afetividade e identidade é essencial para os desenvolvimentos pessoal e social dos alunos, pois essa identificação com seus pares também ajuda o desempenho acadêmico.

Sendo assim, para o aluno, a escola não é só o lugar onde se aprende as disciplinas curriculares, é o lugar onde se encontra os amigos, se diverte e experimenta as possibilidades que a vida lhe apresenta. É na escola que as crianças e jovens estimulam suas habilidades e descobrem suas potencialidades, de modo a se desenvolverem nos âmbitos pessoal, social e acadêmico.

Fonte: sae.digital