Dia Nacional do Livro Infantil

Comemoramos o Dia Nacional do Livro Infantil, em 18 de abril, aqui no Brasil. É uma homenagem a um dos grandes escritores da nossa literatura para crianças: Monteiro Lobato, que nasceu nessa data. O criador do Sítio do Pica-pau Amarelo vislumbrava um país em que a leitura, especialmente pelas crianças, seria uma atividade tão normal quanto brincar de roda e subir em árvore.

Que país bom esse, não? E, como nas próprias palavras de Monteiro Lobato, nas quais “um país se faz com livros e homens”, cabe a nós incentivar as crianças a lerem desde pequenas, tornando-nos, nós mesmos, leitores compartilhados.
Caso na sua casa ainda não exista essa cultura da leitura compartilhada, aqui vão algumas dicas de incentivo:

1. Leia com seu pequeno todos os dias

A leitura compartilhada, entre filhos e pais, não apenas estimula as crianças a criarem o hábito como também proporciona um momento de conexão familiar. O que é super importante nos dias corridos que enfrentamos hoje em dia né? Um momento, com uma ação simples, que pode fazer toda diferença.

2. Ajuda na compreensão de sentimentos

Para as crianças, as histórias dos livros são canais de diálogo para sentimentos que, muitas vezes, elas não conseguem exteriorizar ou até mesmo nomear. A leitura ajuda a fazer com que elas tenham um momento de introspecção e compreendam melhor suas sensações e atitudes.

3. Livros ilustrados ajudam no desenvolvimento estético

Os livros infantis ilustrados são ótimos portais para o desenvolvimento estético da criança. Eles proporcionam uma experiência de leitura que não se restringe ao texto em palavras, mas também à narrativa visual. Isso é potencializado pelo formato, tipo de papel e outros elementos físicos do livro. Dessa maneira, a experiência de leitura torna-se também tátil e sensorial.

4. Aumento de concentração e raciocínio

A concentração exigida durante a leitura expande a capacidade de raciocínio da criança, transporta-a para mundos imaginários numa saudável desconexão com o tempo presente. Essa suspensão do tempo é fundamental para o amadurecimento da criança!

5. Contribui para a formação de caráter

De todas as funções atribuídas aos livros e à leitura por todas as correntes de estudo, uma permanece consenso: a ideia de que ler bons livros contribui para a formação humanística da criança. Resumindo, aumenta as chances de ela se tornar uma cidadã consciente de seu entorno e de suas responsabilidades.

Incentivar o hábito de leitura só traz benefícios para seu pequeno, desde curto a longo prazo. Por isso é tão importante inserir já pequeno, nesse universo. Assim a criança conhece outros mundos, outras histórias, outras vidas.
Além de tudo, é importante dar a liberdade da criança escolher o livro ou histórias que quer ler, assim, ele cria um senso crítico e começa a moldar suas próprias opiniões. Quem sabe assim, não se chega ao sonho de Monteiro Lobato: uma nação leitora.

Fonte: https://blog.laranjeiraskids.com.br/