CEAV leva ações educativas a sua região com Maio Amarelo

Um mês todo dedicado a campanhas de conscientização para a redução de acidentes de trânsito. A adesão ao Maio Amarelo, criado em 2014, foi extremamente positiva neste ano. Pelo menos 79 escolas da Capital realizaram diversas ações educativas nas redes pública e particular, blitze, caminhadas e adesivagens em pontos estratégicos. Alunos do maternal ao 9º ano do Ensino Fundamental da Escola Alceu Viana, no Parque dos Novos Estados, estiveram ontem (29) realizando abordagem em condutores que passavam pela Avenida Senhor do Bonfim, a fim de conscientizar sobre as atitudes no trânsito. 

De acordo com a diretora, Francisca Viana da Silva, pelo quinto ano consecutivo, as ações servem não só para educar crianças e adolescentes sobre educação e conscientização no trânsito, como também envolver a comunidade a respeito das leis. “A importância é a educação, sabemos que estamos formando pessoas mais conscientes, pois eles cuidam e cobram seus pais”, comentou a diretora. Francisca ainda afirmou que o local tinha muitos acidentes, e após essas ações, diminuíram. 

Entre os 80 alunos que participaram da ação, Lorrayne Vitória, de 14 anos, acredita que o movimento é uma ótima influência para os alunos, conscientizando-os sobre o trânsito desde cedo. “A gente aprende sobre as regras de trânsito, e repassar isso ao próximo é motivador.” 

Para a chefe da Educação para o Trânsito da Agetran, Ivanise Rotta, ações como essas trazem o movimento internacional para a comunidade, buscando conscientização no trânsito por meio de atividades envolvendo crianças e adolescentes.

“Hoje são 79 escolas que fazem diversas ações não apenas no mês do Maio Amarelo. As escolas como a Mace e a Tereza de Noronha participaram de ações neste mês, trabalhando o público jovem como pedestres, ciclistas, passageiros, estimulando a educação nas ruas.”

Trânsito

Ivanise ainda afirma que este ano foram registrados 27 mortes ao passo que na mesma época foram 34, no ano passado. Sendo três em maio deste ano, contra nove do ano passado. “Essa queda atribuímos tanto aos trabalhos quanto à tecnologia que na verdade intensifica a fiscalização. Nosso problema maior é a velocidade, e quando se colocam equipamentos eletrônicos que possam fiscalizar, consequentemente diminui o número e a gravidade dos acidentes.”

Maio Amarelo

O Maio Amarelo nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. As ações têm a intenção de colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, levando conhecimento sobre as questões de trânsito nas mais diferentes esferas.

Veja algumas fotos da participação da Escola Alceu Viana:

Fonte: http://www.oestadoonline.com.br/noticia/36315/maio_amarelo_leva_aaaes_educativas_a_79_escolas_da_capital_neste_mas